sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

FELIZ 2011

Com a 65ª mensagem deste blogue nos despedimos de 2010. FELIZ 2011!
Clique na legenda da imagem que se segue para descobrir como deve servir uma taça de champanhe (comprovado por estudos científicos).
http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=46727&op=all

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

domingo, 26 de dezembro de 2010


O conceito é fantástico: Maizena diluída em água forma um fluído não-newtoniano, ou seja, uma substância que apresenta comportamento de sólido e líquido ao mesmo tempo, com a sua viscosidade sendo alterada quando uma força é aplicada. Quando comprimido, o líquido oferece resistência, solidificando- se. Sem pressão, retorna ao estado líquido.
Contribuição de Luísa Abreu

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Eclipse lunar total em Portugal dia 21/12/2010

Faltam poucas horas desde a altura que escrevo este post para que ocorra um eclipse total da Lua visível em Portugal.
Poderá analisar mais informações a este respeito aqui.
O fenómeno astronómico anterior será visível em Portugal durante cerca de 10 minutos até o Sol se por (das 7h41min às 7h51min) e poderá visualizar em directo o mesmo através deste sítio electrónico da NASA.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Ciclo de Conferências 2010/2011 Gulbenkian "A imagem na Ciência e na Arte"

Hoje decorreu a 2ª de quatro palestras do Ciclo de Conferências 2010/2011, mais um excelente ciclo da iniciativa da Fundação Calouste Gulbenkian que habitualmente nos prenda com conferências ilustres de divulgação científica.
Segue uma apresentação de algumas imagens captadas da conferência de hoje, intitulada The problem of a Picture on an Atom, proporcionada pelo Dr. Christopher Toumey.
video
Nos próximos dias 19 de Janeiro e 2 de Fevereiro de 2011 decorrerão as últimas duas conferências deste ciclo. COMPAREÇA!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Última sessão RTEC de 2010

Foi ontem, dia 13 de Dezembro, quando se realizou a última sessão RTEC de 2010, correspondendo à 36ª sessão desde o seu início a 24 de Novembro de 2009.
Nesta sessão foi analisado um telescópio manual que a escola possui e onde os alunos verificaram que falta um componente do mesmo, sem o qual não será possível realizar qualquer observação astronómica.
 
 
Foram ainda analisados acontecimentos astronómicos relevantes para verificar se no Dia do Padre António Vieira (celebra-se a 6 de Fevereiro mas dado ser um Domingo, este ano lectivo é celebrado a 8 de Fevereiro de 2011) valerá a pena preparar uma observação astronómica, mas não existirá nada de nova nessa data. Vamos ver o que é decidido entre alunos e professores sobre a possibilidade de realizar uma observação dia 8 de Fevereiro.
Para além do telescópio, os vários participantes continuaram a pesquisa e investigação para a Feira de Ciências que irão participar a 13 de Maio em Braga, aquando da visita científica proporcionada pelo Projecto RTEC.
Um dos projectos já pode ser revelado, pois parece certo, que é a exploração de fornos solares.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Início da preparação da viagem a Braga

No dia 6 de Dezembro decorreu a 35ª sessão RTEC na habitual sala 1B8 da ESPAV.
Nesta sessão a tónica foi a de iniciar a preparação da viagem a Braga, onde os futuros participantes iniciaram a preparação de projectos a apresentar na Feira de Ciências que terão de participar durante esta viagem que se pretende também científica.
Várias ideias já foram discutidas mas nas próximas sessões serão divulgadas novidades a esse respeito.
Ainda nesta sessão alguns alunos foram colocar informações sobre o sítio onde se encontra o depósito dos REEE (Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos) que estão a ser recolhidos no âmbito da Escola Electrão, projecto ambiental em que a ESPAV está envolvida e que visa a sensibilização da comunidade escolar para os problemas ambientais.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Experiência no RTEC descrita por duas alunas do 7.º 3

A nossa experiência foi muito interessante logo desde o início.
Começamos a fazer uma pesquisa sobre como produzir sabão. 
Passadas algumas semanas fomos à nossa primeira aula de laboratório e foi muito interessante, porque aprendemos que alguns compostos químicos são corrosivos e perigosos e aprendemos ainda algum material de laboratório (proveta graduada, vareta, funil, vidro de relógio e balança digital).
Na segunda aula de laboratório fizemos sabão mas não resultou, pois ficou uma massa pegajosa, portanto, resolvemos fazer uma nova experiência com um livro do 9.ºano na semana seguinte.
Na terceira aula de laboratório fizemos biodiesel e outra experiencia de produção de sabão, mas ainda não sabemos o resultado.
Alunas Beatriz e Daniela, 7.º 3

Novidades meteorológicas e muito mais no RTEC

Foi no dia 29 de Novembro que decorreu a 34ª sessão RTEC.
Ocorreu mais uma sessão diversificada onde se continua a testar, sem grandes avanços para já, o novo software para o telescópio digital, para além de ter sido realizada uma pesquisa sobre eventos astronómicos que decorrerão no próximo dia 6 de Fevereiro dia que, em princípio, se realizará uma observação astronómica na ESPAV.
Para a produção de sabão apenas se fez uma preparação de uma essência para aplicar numa próxima sessão RTEC, uma vez que se começou tarde para se poder produzir mais sabão.
Ainda houve tempo para participar no Projecto Ambiental da ESPAV e foram feitas algum material indicativo do ponto de recolha de REEE (Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos) na ESPAV, por forma a ser melhor identificado. Posteriormente esse material será colocado.

Como prometido no início do ano lectivo, foram pela primeira discutidos sítios para se poder fazer a viagem prometida aos alunos que participem pelo menos a 50% de sessões RTEC ao longo do ano lectivo até à altura do passeio.
O passeio/viagem deve ter algum conteúdo pedagógico, tendo sido escolhido visitar a cidade de Braga, aproveitando para participar numa Feira de Ciências que se realizará a 13 de Maio de 2011.
Foi a primeira discussão de outras que existirão para definir em concreto onde e quando será a viagem RTEC.
Por fim, o professor Sérgio Leal referiu que o Instituto de Meteorologia de Lisboa, em princípio, irá, a título de empréstimo, fornecer um abrigo meteorológico para construirmos a Estação Meteorológica Tradicional na ESPAV.
Outra novidade é que se aguarda um orçamento definitivo de uma Estação Meteorológica Digital que também será instalada na ESPAV.